FBN no Intercom!

5 DE SETEMBRO

Manhã de apresentações dos acadêmicos de Jornalismo da Faculdade Boas Novas no Intercom Nacional 2018.

Chegou o momento de coroar uma saga que começou há mais de um ano, com a realização de produtos em sala de aula, e já superou duas importantes fases: quatro alunos de Jornalismo da FBN, acompanhados pelo professor Raphael Cortezão, já estão a postos para defender os sete trabalhos que representam a instituição no maior congresso de Ciências da Comunicação da América Latina: o Intercom Nacional 2018, realizado em Joinville (SC).

A coordenadora do curso de jornalismo professora Carla Santos disse estar orgulhosa “Não foi fácil, esse é o maior número de trabalhos sendo defendidos pela FBN em congressos nacionais! Obrigada a todos que contribuíram para articular a ida dos nossos acadêmicos ao INTERCOM NACIONAL!Torçam e vibrem conosco”.

Confira As apresentações da manhã:

Produção em Fotojornalismo (avulso/ conjunto e série) – Infância roubada John Silva de Brito

Jornal Mural (avulso/ conjunto e série) Jornal Mural Beiradão
Defesa: Bruna Gabrielly Oliveira dos Santos

Programa laboratorial de TV (avulso ou seriado) – Programa de TV Interativos Defesa: Amariles da Gama Ferreira F

Ficção em vídeo e tele – Telenovela, Séries Televisivas e afins (avulso ou seriado) – Uma História de Conduta
Defesa: John Silva de Brito

Programa laboratorial de áudio (avulso ou seriado) – Programa Amazônia News: Boi Bumbado Amazonas
Defesa: John Silva de Brito

Ficção em áudio e rádio-audiodramatização, peça radiofônica, radionovela e afins (avulso ou seriado) – Radionovela Conceitos de Amizade
Defesa: John Silva de Brito

A tarde teremos nossa última apresentação do Nacional com o Som das Mãos – Produção multimídia (avulso)
Defesa: Victória Raquel Lima Mustafa

Parabéns ao Curso de Jornalismo da FBN.

Faculdade Boas Novas.
Onde o Conhecimento traz Liberdade!

Faculdade Boas Novas por meio do curso de Ciências Teológicas recebeu a palestra Diversidade Religiosa e Pentecostalismo na Amazônia

Na sexta-feira do dia 31/08/2018, a Faculdade Boas Novas por meio do curso de Ciências Teológicas recebeu a palestra Diversidade Religiosa e Pentecostalismo na Amazônia – algumas reflexões antropológicas, ministrada do Professor Doutor Donizete Rodrigues, que apresentou suas pesquisas acerca das manifestações do pentecostalismo e suas misticidades na Amazônia e também referências de outros países.

O evento fez parte do lançamento da terceira edição eletrônica do livro Pax Domini, do curso de Ciências Teológicas, que também fez o lançamento da edição impressa do livro “Salmo 133 – pequeno para quem vê, gigante para quem lê”, de autoria do Professor Fanuel Santos.

Foi uma noite memorável para a coordenação, professores e acadêmicos do curso de Teologia.

Acesse a Pax Domini em:
http://periodicos.fbnovas.edu.br/index.php/paxdomini

Faculdade Boas Novas.
Onde o Conhecimento traz Liberdade!

Acadêmicos do curso de pedagogia da FBN realizaram uma ação de reflexão e conscientização na semana Nacional da pessoas com deficiência comemorada de 21 a 28 de agosto.

Acadêmicos do curso de pedagogia da FBN realizaram na manhã desta terça-feira (28), uma ação de reflexão e conscientização na semana Nacional da pessoas com deficiência comemorada de 21 a 28 de agosto.

Sob a orientação da coordenadora do curso de Pedagogia Larissa Barros, professores e acadêmicos se envolveram e participaram do momento.

O objetivo da ação foi ressaltar a importância de ajudar e estender as mãos aos deficientes.

Uma simulação com aluna Ketlen Pinheiro acadêmica do segundo período de pedagogia e portadora de deficiência visual foi feita na faixa de pedestre, onde se simulou a dificuldade da mesma ao atravessar.

O objetivo desse movimento é trabalhar a inclusão destas pessoas no meio social, profissional e acadêmico.

A faculdade Boas Novas é um exemplo do envolvimento destas pessoas na academia e no processo de ensino aprendizagem.

Pauta do dia: jornalista Joana Queiroz na FBN!

O curso de Jornalismo da FBN recebeu nesta quarta-feira, 15/8, a jornalista Joana Queiroz, para tratar de pauta, apuração, cobertura jornalística policial, relação com fontes e outros desafios da profissão de jornalista.

Com mais de 30 anos no jornalismo, Joana falou de suas experiências, sobre como extrair detalhes dos entrevistas mesmo em coletivas de imprensa e a busca pelo furo de reportagem num mundo onde alguns portais apenas publicam sem atentar para critérios jornalísticos.

Participaram deste momento as turmas do segundo e sexto períodos, acompanhados pela Professora Carla Castello Branco.

Faculdade Boas Novas.
Onde o Conhecimento traz Liberdade!